A importância da saúde bucal durante a gestação

Em comemoração ao Dia das Mães, trouxemos algumas dicas para o acompanhamento profissional de um dos momentos mais importantes, que é a gravidez! Quando a mulher se descobre gestante, muita coisa se transforma, e inclusive há mudanças corporais e hormonais. Por isso, fique atento, pois a saúde bucal é extremamente importante para saber se está tudo bem com ela e com o bebê!

Veja alguns pontos sobre a saúde bucal da gestante:

Início do acompanhamento
O primeiro trimestre costuma ser o mais delicado, por isso o pré-natal odontológico deve começar nesse período. Nas consultas, oriente sempre a gestante a investir na saúde bucal e incentive a adotar hábitos alimentares mais saudáveis, com foco total em evitar maiores problemas para a futura mamãe.

Por que é tão importante?
Da mesma forma que um obstetra acompanha todo o período da gravidez, o dentista fará o mesmo. Cuidar da saúde bucal da gestante é cuidar da saúde do bebê. O acompanhamento odontológico evita problemas que poderão estar relacionados com situações como: partos prematuros ou crianças que nascem abaixo do peso.

Procedimentos: quais podem ou não podem?
O bom senso do profissional é fundamental para dar seguimento a qualquer tratamento que a gestante faça ou precise fazer. Procedimentos invasivos, como clareamento ou qualquer atividade que exija anestesia, estão fora de cogitação, a não ser que sejam extremamente urgentes. Também é recomendada a diminuição do uso de produtos com álcool, como antissépticos bucais.
Acompanhar o pós-parto também é essencial!

O acompanhamento da saúde bucal da gestante e da família é de suma importância sempre. Além das necessidades típicas de um recém-nascido, aprender a cuidar da higiene oral e da cavidade bucal do bebê é imprescindível e deve ser ensinado por um profissional capacitado!